Meteorologia
Hoje:
Hoje
mín: 11°
máx: 24°
Amanhã:
Amanhã
mín: 10°
máx: 24°
Enviar por E-mail
Imprimir esta página
Pesquisar
Voltar ao Início
Precisa de ter o Flash Player para poder visualizar correctamente esta página. Pode efectuar o download aqui
       
 
Autarquia > Projectos > Ordenamento
Ordenamento
Plano de Pormenor do Centro Histórico
image1
Designado no Plano de Urbanização como UOPG 1 (Unidade Operativa de Planeamento e Gestão), compreende o núcleo urbano mais antigo da Cidade, cujos limites coincidem com a Cidadela e desta até à Praça da Sé, incluindo o Bairro da Estacada, o Bairro dos Batocos e o Bairro de Além do Rio. Trata-se de uma área contínua de grande valor arquitectónico e de enorme importância para a memória histórica da cidade (Cidadela, Ruas Serpa Pinto e Trindade Coelho, Combatentes da Grande Guerra, Abílio Beça e Praça da Sé). A estratégia de intervenção é a da protecção do património histórico, a par da reabilitação urbana, com a criação de equipamentos colectivos, como incentivo à permanência da população e pólo de atracção para novos residentes, bem como contribuir para a dinamização do comércio.

Acções e projectos: valorização e tratamento de espaços livres urbanos, a remodelação de arruamentos com rectificação de traçados e renovação ou modificação de pavimentos, o reordenamento do trânsito automóvel e a reabilitação de percursos urbanos, a disposição de novo mobiliário urbano, iluminação e arborização dos espaços públicos, a par da classificação de imóveis com reconhecido valor arquitectónico. Medidas de intervenção mais urgentes, que contribuam para a dinamização e consolidação deste património, estão a ser já implementadas, tendo o município dado o necessário contributo, de que são exemplo a instalação de novos equipamentos e serviços em edifícios devolutos que se recuperaram para o efeito – Museu Ibérico da Máscara e do Traje, Posto de Informação Turística, programa de recuperação de fachadas, cobertura e caixilharias e dinamização cultural e lúdica como é exemplo a Festa da História.
Plano de Pormenor do Centro HistóricoPlano de Pormenor do Centro Histórico
Tamanho do Documento: 494,47 Kb
Plano de Urbanização
image2
O Plano de Urbanização, tem como principais linhas de orientação: a regeneração urbana, a contenção na expansão (evitar a dispersão da construção), o aumento da estrutura ecológica urbana (promover a qualidade ambiental do espaço), a mobilidade e a integração da freguesia de Samil no perímetro urbano da cidade.

Principais indicadores urbanísticos do plano:
  • A área do perímetro urbano proposta no Plano é de mais 57,6%, ou seja, há uma evolução de 968,8ha para 1526,7ha, correspondendo a um crescimento de 557,9ha;
  • Área urbana total – a área delimitada, em termos de perímetro urbano, é de 15,3 Km², ou seja, 1,3% da área do município (1173,63 Km²);
  • Aumento em 20,1% da área destinada a expansão urbana em solo de urbanização programada, sendo que a maioria da área destinada à construção é de baixa densidade (88,6%) e a restante afecta à média densidade;
  • Incremento da área para equipamentos em 120,7ha, o equivalente a um crescimento de 56% relativamente ao existente;
  • Estrutura Ecológica Urbana – ocorre um forte incremento em relação ao actual perímetro urbano, na ordem dos 317ha, ou seja, um aumento de 300%;
  • O conjunto da área afecta à Estrutura Ecológica Urbana (27,3%), da área destinada a Equipamento (15,1%) e área afecta a zona comercial/oficinal e industrial (7,7%), representam 53,04% da área total do Plano (1526,74ha);
  • Potencial de construção futura – 7000 fogos, ou seja, 46,4% do existente (15073 fogos) – (consolidação do espaço urbano, regeneração e a expansão urbana).
Plano de UrbanizaçãoPlano de Urbanização
Tamanho do Documento: 489,82 Kb
Plano Director Municipal
image3
Na revisão do Plano Director Municipal de Bragança foram identificadas e sistematizadas as potencialidades e as fragilidades nos diversos domínios sectoriais, de modo a desenhar linhas estratégicas correctas, quer para corrigir os problemas, quer para potenciar os activos territoriais.

O desafio maior é o da territorialização dessas linhas estratégicas cuja operacionalização exige medidas complementares e de suporte à sua concretização. Para o efeito adoptam-se os projectos estratégicos desenhados já pela autarquia, bem como aqueles que foram sugeridos pelas análises feitas ao longo do diagnóstico.

A diversidade de projectos em andamento, fruto de uma postura pró-activa que o Município tem vindo a implementar, vem reforçar a pertinência desta linha de orientação estratégica, assente num grande projecto mobilizador que é fazer Bragança – Uma Eco-Cidade para o século XXI:
  • Reforçar a imagem da cidade de Bragança como espaço de inovação, pólo regional, elo de ligação internacional, centro de serviços de apoio às empresas e centro comercial e cultural;
  • Consolidar a oferta de equipamentos e infra-estruturas e qualificação dos espaços públicos nas áreas rurais garantindo não só uma maior competitividade destas na atracção de áreas habitacionais como reforçando a coesão social;
  • Valorizar economicamente os produtos tradicionais e os recursos do património natural, cultural e paisagístico, dinamizando a exploração de potencialidades endógenas.
Plano Director MunicipalPlano Director Municipal
Tamanho do Documento: 263,42 Kb
 
Mensagem do Presidente
Perguntas Frequentes
Centro de Arte Contemporânea Graça Morais
Teatro Municipal de Bragança
Museu Ibérico da Máscara e do Traje
Bibliotecas Municipais de Bragança
BAM - Biblioteca Adriano Moreira
Fundação Os Nossos Livros
A minha rua
Newsletter

Para estar a par das novidades relacionadas com o Município de Bragança, insira o seu e-mail:

Rodapé
Galeria
Precisa de ter o Flash Player para poder visualizar correctamente esta página. Pode efectuar o download aqui
FotosVídeosPanorâmicas 360º
Rodapé
 
Barra
Acessibilidade Feed RSS
Contactos: Forte S. João de Deus 5300-263 Bragança
Tel: 273 304 200 | Fax: 273 304 299
Powered by NetMunicípio
© 2009 C. M. Bragança