Passar para o Conteúdo Principal

Museu do Abade de Baçal

Museu do abade de ba al 1 720 1000

É com D. Aleixo de Miranda Henriques, alguns anos depois da transferência da Sé para Bragança (1764), que o edifício é sujeito a profundas alterações e acrescentos (estruturação da fachada principal, organização do espaço interno e execução do teto prospético da capela desenhada por Cardoso Borges).

Já antes, com o bispo D. João de Sousa Carvalho - é dele a pedra de armas da fachada -, no fim do seu episcopado (1716-37), se tinham realizado importantes obras. Foi Paço Episcopal até 1912.
O Museu Municipal, para ter mais largueza, é instalado, por esta altura, nas salas do primeiro andar. Em 1935 passa a designar-se por “Museu Regional do Abade de Baçal". Fazem-se obras (1937-40) tendentes ao enobrecimento do edifício. Decorre um período de grande atividade, visando o enriquecimento e valorização do espólio e o Museu constitui-se, mesmo, como um pólo de dinamização cultural (destaque para a ação de três bragançanos: O Abade, Raul Teixeira e José Montanha), reunindo um conjunto eclético de coleções, com obras de grande valor documental, artístico e histórico.
Intervenções recentes, a partir de 1993, foram muito para além da valorização do acervo museológico, anexando e recuperando para ampliação do museu, um edifício adjacente ao solar.

Fonte: Câmara Municipal de Bragança (2004). Bragança Cidade – Andares da História. 2ª edição. Bragança.

Rua Abílio Beça, 27
5300-011 Bragança

273 331 595

9h30h – 12h30 | 14h00 – 18h00

encerra à segunda-feira

voltar ao topo
área de munícipe

Aceda à sua Área de Munícipe para ter acesso à Subscrição de Newsletter e aos Serviços Online, entre outras funcionalidades.

Câmara Municipal de Bragança
Forte S. João de Deus
5300-263 Bragança
Tel: 273 304 200 | Fax: 273 304 299

logótipos EU