Passar para o Conteúdo Principal
CM Bragança

MASCARARTE: Oito edições de sucesso

Desr 1 720 1000
05 de Dezembro de 2017

Foram seis dias dedicados a uma das tradições mais originais do Nordeste Transmontano: as Máscaras, que trouxeram a Bragança milhares de pessoas que se quiseram associar à VIII Bienal da Máscara – Mascararte.

De 30 de novembro a 5 de dezembro, a Mascararte, que este ano decorreu sob a temática “Entrudos e Mascaradas Leoneses” – Reino de Leão (Espanha), incluiu com exposições, conferências, apresentações de livros, construção de máscara humana, desfile e a queima do gigante Mascareto.

As principais novidades deste ano tiveram lugar a 2 de dezembro, com a construção de Máscara Humana, na escadaria do Teatro Municipal de Bragança, a que se seguiu um desfile pelas ruas do Centro Histórico de Bragança, que contou com a participação de mais de 500 mascarados, das quais cerca de 300 oriundos de León (Espanha), e que terminou no castelo de Bragança, onde milhares de pessoas assistiram à queima do gigante “Mascareto”.

O arranque oficial da VIII Bienal da Máscara - Mascararte 2017, a 30 de novembro, ficou marcado pela abertura do Espaço Máscara, onde uma dezena de artesãos transmontanos deram a conhecer os seus trabalhos. Um número que duplicou em relação à última edição da Mascararte, em 2015.

O primeiro dia contou, ainda, com inauguração das exposições “Antruidos y Mazcaradas Llioneses” (coleções oriundas de León) e “Mascareto” (trabalhos de alunos e de utentes de Escolas e de IPSS de Bragança) e com a apresentação do Catálogo Mascararte 2015, no Centro Cultural Municipal Adriano Moreira, a que assistiram mais de uma centena de pessoas.

Já a 1 de dezembro, o Centro Cultural Municipal Adriano Moreira voltou a acolher importantes eventos dedicados às mascaras: a apresentação do livro “A magia das Máscaras Portuguesas”, de António Pinelo Tiza, e a conferência “La Simbologia de las Máscaras”, pelo espanhol Adolfo Ares.

O encerramento da VIII Bienal da Máscara – Mascararte, a 5 de dezembro, coincidiu com a inauguração da exposição “Máscaras Rituais de Portugal”, coleção de Roberto Afonso, no Centro Cultural Municipal Adriano Moreira.

Recorde-se que a Mascararte incluiu, ainda, oficinas criativas e de leitura destinadas a toda a família, bem como momentos musicais e de dança. 

 

Registo Fotográfico

 

voltar ao topo
área de munícipe

Aceda à sua Área de Munícipe para ter acesso à Subscrição de Newsletter e aos Serviços Online, entre outras funcionalidades.

Câmara Municipal de Bragança
Forte S. João de Deus
5300-263 Bragança
Tel: 273 304 200 | Fax: 273 304 299

logótipos EU