Passar para o Conteúdo Principal

História

Breve Historial

A origem do Arquivo Municipal remonta à época da criação dos próprios serviços camarários. Possui um acervo documental de importância significativa quer seja para a história da cidade quer para a história do concelho de Bragança, englobando documentação que remonta aos finais do século XVIII. Conserva cerca de três mil metros lineares de documentação produzida e recebida no Município, desde o ano de 1781 até à atualidade.

À sua guarda estão outros fundos, como o da Administração do Concelho de Bragança, Direção Geral dos Serviços de Urbanização do Distrito de Bragança, Gabinete Técnico Local (G.T.L), entre outros.

Enquanto espaço físico, o Arquivo esteve instalado em diferentes locais, acompanhando a mudança de instalações dos serviços municipais.

Na década de oitenta do século XX, aquando da transferência dos Paços do Concelho para o Forte São João de Deus, antigo edifício do comando do Batalhão de Caçadores n.º 3, parte da documentação de arquivo acompanhou os serviços centrais, sendo albergada na cave e sótão. Outra parte manteve-se no edifício da antiga câmara (Auditório Paulo Quintela) e a restante numa outra cave no Bairro Social da Mãe de Água. Todos estes espaços não possuíam as condições mínimas para a sua guarda.

No primeiro mandato do Eng. Jorge Nunes, atendendo à necessidade de organização da documentação, de forma a facilitar a sua consulta e beneficiando o bom funcionamento dos serviços, e tendo em vista a sua conservação, esta foi reunida no edifício do Forte São João de Deus.

            No ano 2000, novo impulso foi dado à organização física da documentação. O sótão deixou de ser um mero armazém de sucata e documentos para se transformar num arquivo organizado, embora ainda sem as condições climáticas adequadas.

O rápido aumento do volume de documentação levou a que, em 2008, o Arquivo tivesse que ser dividido, tendo o Arquivo Histórico sido instalado no Auditório Paulo Quintela, na Rua Abílio Beça, onde foi devidamente organizado e tratado, e o Intermédio se mantivesse no edifício junto dos serviços centrais.

Em 2012 tiveram início os trabalhos tendentes à criação de um só espaço condigno para a instalação do Arquivo Municipal de Bragança (histórico e intermédio). E no ano de 2013, procedeu-se à mudança definitiva para o novo edifício que agrega diferentes serviços da Câmara Municipal de Bragança. Situa-se no Piso -1 e é composto por gabinetes, sala de leitura, sala de tratamento, sala de arrumos e um depósito amplo e devidamente climatizado e apetrechado. 

Arranjo da Praça da Sé
Desenho a carvão. Apontamento perspectivo. Março 1963.
Escala 1/200

Praça Dr. Cavaleiro Ferreira
Pormenor do Lago decorativo. 1956.
Escala 1/40

voltar ao topo
área de munícipe

Aceda à sua Área de Munícipe para ter acesso à Subscrição de Newsletter e aos Serviços Online, entre outras funcionalidades.

Câmara Municipal de Bragança
Forte S. João de Deus
5300-263 Bragança
Tel: 273 304 200 | Fax: 273 304 299

logótipos EU