Passar para o Conteúdo Principal

Gastronomia




A gastronomia de Bragança destaca-se pela qualidade dos seus produtos, com sabores e aromas que parecem exalar das paisagens de onde provêm. A confeção simples é orientada por mãos sábias, que conhecem bem a origem dos ingredientes, muitas vezes trazidos diretamente da horta para a cozinha.
A suculenta posta de vitela mirandesa - gado que pasta nos lameiros verdejantes -não precisa mais do que uma pitada de sal e brasas no ponto certo para ser servida. Tal como as costeletas de cordeiro e o cabrito de Montesinho, de rebanhos alimentados com ervas dos montes. Os pratos de caça confecionam-se nos tradicionais potes, aquecidos no fogo sempre aceso, de onde saem aromáticos estufados e opulentos arrozes que trazem à memória paladares antigos.
Nos ribeiros de águas frias pescam-se as trutas, sempre saborosas, sejam preparadas em escabeche ou assadas na grelha, que requerem como único tempero o excelente azeite da região.
Na mesa transmontana nunca faltam os enchidos, elaborados com conhecimentos ancestrais. À lareira curam-se alheiras, chouriças, salpicões, presuntos, chouriços de mel, e também o típico butelo que, acompanhado pelas casulas (cascas de feijão secas), é protagonista do festival gastronómico realizado na cidade em meados de fevereiro.
No outono, dos bosques e dos extensos soutos da região chegam os cogumelos e as castanhas, que marcam presença nas ementas em preparações cada vez mais inovadoras, tanto a acompanhar pratos de carne como em tentadoras sobremesas.
É indispensável também provar o mel de castanheiro, o mais característico do concelho de Bragança, tal como os méis de urze ou de rosmaninho, que permanecerão como doces recordações de uma estadia memorável.

voltar ao topo
área de munícipe

Aceda à sua Área de Munícipe para ter acesso à Subscrição de Newsletter e aos Serviços Online, entre outras funcionalidades.

Câmara Municipal de Bragança
Forte S. João de Deus
5300-263 Bragança
Tel: 273 304 200 | Fax: 273 304 299

logótipos EU