Passar para o Conteúdo Principal
CM Bragança

"Algures a Nordeste"

Destaque tmb 1 720 1000
30 de Maio de 2017

Bragança e Vila Real unem-se "Algures a Nordeste". Um projeto de promoção cultural e turística dos dois concelhos, que, entre 2017 e 2018, dinamiza o primeiro festival de dança contemporânea da região e a criação de quatro espetáculos originais.

De duas capitais de distrito surgiu um conceito resultante de uma candidatura dos teatros municipais destas cidades a fundos comunitários no valor de 400 mil euros.

O Teatro Municipal de Bragança vai preparar, assim, duas produções originais de dança que vão estrear-se no último trimestre deste ano, estando restantes agendadas para o ano seguinte.

O primeiro projeto, da coreógrafa Joana Providência (Teatro do Bolhão - Porto), resulta de uma residência artística em Bragança e foca-se no espólio fotográfico transmontano do francês George Dussaud, que dá nome ao Centro de Fotografia da cidade, no edifício do Auditório Paulo Quintela.

A estreia deste espetáculo acontecerá na última semana de outubro e o espetáculo será acompanhado de uma exposição do mesmo fotógrafo.

Em Vila Real, será preparado o projeto "Barro", que se vai inspirar no barro negro de Bisalhães, e ao qual se vai juntar a olaria de Pinela (Bragança), com o intuito de envolver a comunidade local nas duas produções que, depois da estreia, irão entrar em itinerância pelo país, atribuindo a estes espetáculos um cariz de exportação relativamente ao que de melhor existe em Trás-os-Montes.

O primeiro festival de dança contemporânea "Algures a Nordeste" realiza-se de 9 a 30 de setembro de 2017. Ao todo, cada um dos teatros vai receber seis espetáculos de entrada gratuita.

Este projeto visa a valorização do turismo cultural, com potêncial para atrair visitantes para o território. Além de todas estas atividades conjuntas será criado um roteiro patrimonial e turístico dos dois concelhos.

Esta iniciativa cultural que envolve as duas capitais de distrito é também uma homenagem ao escritor António Manuel Pires Cabral, já que foi baseado no seu livro, 'Algures a Nordeste', que se montou toda a estratégia de promoção cultural da região. Pires Cabral nasceu no distrito de Bragança e agora vive em Vila Real.

Um conjunto de ações culturais de dimensão nacional numa iniciativa pioneira que vai projetar Trás-os-Montes e Alto Douro.

voltar ao topo
área de munícipe

Aceda à sua Área de Munícipe para ter acesso à Subscrição de Newsletter, entre outras funcionalidades.

Câmara Municipal de Bragança
Forte S. João de Deus
5300-263 Bragança
Tel: 273 304 200 | Fax: 273 304 299

logótipos EU