Passar para o Conteúdo Principal

Redução do IMI para a taxa mínima

Interativa 1 720 1000
22 de Setembro de 2016

No quadriénio 2014-2017 o Município de Bragança reduziu a taxa de IMI, em 15,49%, para os imóveis avaliados ao abrigo do CIMI.

Na Reunião de Câmara de hoje (21 de setembro), foi aprovada a proposta do Executivo Municipal, que será apresentada para deliberação à Assembleia Municipal, de redução da taxa do IMI para o valor mínimo definido por Lei, propondo-se, assim, a taxa de 0,30% para o ano de 2017.

De realçar, ainda, que para os agregados com dependentes a cargo acresce, ainda, uma redução de 20€ (para famílias com um dependente), 40€ (para dois dependentes) e de 70€ (para famílias com três ou mais dependentes).

Ao implementar esta medida, o Município de Bragança prescinde, no quadriénio 2014-2017, de cobrar 10,62 milhões de euros.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Bragança, Hernâni Dias, esta é mais uma medida amiga das famílias, que permite aumentar o seu rendimento disponível e estimular o consumo privado, com impacto direto na economia local.

De realçar, ainda, que o Município não aplica derrama às empresas, abdicando de uma importante receita em prol do crescimento da economia e do emprego, sendo uma importante medida que contribui para a melhoria da competitividade empresarial, criando vantagens competitivas territoriais, num contexto de globalização e internacionalização da economia.

As empresas beneficiam, ainda, desde o ano passado, de benefícios fiscais, a partir da isenção ou redução de IMI, por um período até dez anos, desde que seja reconhecido o interesse do investimento para a região.

voltar ao topo
área de munícipe

Aceda à sua Área de Munícipe para ter acesso à Subscrição de Newsletter, entre outras funcionalidades.

Câmara Municipal de Bragança
Forte S. João de Deus
5300-263 Bragança
Tel: 273 304 200 | Fax: 273 304 299

logótipos EU